Até que ponto vale a pena reformar um apartamento novo?

By outubro 11, 2017 Blog, Uncategorized
Até que ponto vale a pena reformar um apartamento novo?

Até que ponto vale a pena reformar um apartamento novo?

Encontrar a residência desejada pode ser uma tarefa difícil para muitos novos proprietários. Em alguns casos, a localização é perfeita, porém o imóvel não atende todas as suas necessidades.

O número de cômodos é inferior ao desejado, o acabamento não possui isolamento acústico, falta espaço para o ar-condicionado ou tantos outros elementos que acabam sendo impeditivos para a compra. Por isso, muitas pessoas optam por reformar um apartamento novo.

Porém, reformar um apartamento novo não é uma tarefa fácil e nem barata. Portanto, pense se realmente existe essa necessidade se fazendo as seguintes perguntas:

  • Não existe um apartamento que se adeque às suas necessidades sem precisar de reforma?
  • A reforma atenderá a uma necessidade imediata ou temporária?
  • Quanto tempo você planeja viver em seu novo apartamento?
  • Quanto você vai gastar com a reforma?
  • O apartamento novo irá precisar de muitas mudanças?
  • O dinheiro gasto na reforma vai valorizar o imóvel?

Será que vale a pena reformar um apartamento novo?

A sua qualidade de vida está diretamente ligada à sua moradia. Se reformar um apartamento novo vai atender às necessidades da sua família – mais ou menos quartos, uma sala maior ou uma cozinha mais funcional – isso, por si só, pode ser um grande incentivo.

Mas dependendo das ofertas imobiliárias da sua região, pode ser mais inteligente comprar um apartamento que já ofereça todas as opções que você necessita e até mesmo possibilidades de mudanças sem a necessidade de grandes obras.

Agora confira os prós e contras de reformar um apartamento novo.

Vantagens

Custo menor: o custo para reformar um apartamento novo pode ser menor do que comprar um outro que atenda todas as suas necessidades. Isso é válido quando a reforma é pequena.

Lembre-se que muitas vezes você não poderá reaver o dinheiro da reforma caso deseje revender. Além disso, é preciso considerar como custo, o tempo despendido até que a sua residência esteja pronta.

Personalização: a reforma possibilita alterar e personalizar o espaço da sua residência. E isso é realmente vantajoso quando é muito difícil conciliar itens essenciais como o número de cômodos e a localização por exemplo.

Caso seja imprescindível ao seu bem-estar residir em um determinado local, porém não encontra um imóvel apropriado, a reforma pode ser uma saída interessante.

Desvantagens

Grandes investimentos: se for necessária uma grande reforma para o seu apartamento novo, talvez esta não seja uma escolha inteligente.

O investimento vale realmente a pena? Imagine que você terá de gastar milhares de reais para fazer as alterações necessárias sendo que poderia usar este orçamento para comprar um apartamento um pouco maior, por exemplo.

Desconforto e custo de tempo: a reforma fará com que seu apartamento fique bagunçado e inabitável por semanas ou até meses.

E isso pode gerar ainda mais custos como aluguel em um local temporário até que o imóvel esteja pronto. A reforma é estressante, cara e exige muita paciência que nem todos os proprietários têm.

Permissões de alteração: os apartamentos estão sujeitos a regulamentos rigorosos para a realização de obras. Estas normas são para proteger a segurança de todos que moram no edifício.

Por exemplo, ao quebrar uma parede, você pode pôr em risco a estrutura do prédio. Isso pode gerar um custo que acabará sendo arcado por todos os moradores. Por isso, nem todas as reformas serão permitidas.

Como visto, antes de escolher reformar um novo apartamento, é necessário estar ciente de que os custos podem ser maiores do que os ganhos. E nem sempre se obtém o resultado esperado. Ao optar por um imóvel que seja “uma pechincha”, os gastos reais com ele podem superar a compra de um apartamento que atenda melhor suas necessidades.

Além disso, deve-se considerar os aspectos legais e normas prediais que podem ser impeditivas. Como por exemplo, derrubada de paredes ou aberturas para a inclusão de ar-condicionado. Fora o gasto de tempo, energia e paciência que raramente são contabilizados por quem opta por reformar um apartamento novo.

Reformar ou buscar um apartamento que atenda às suas necessidades: qual destas você acha a melhor opção?

Compartilhe sua experiência nos comentários. Ou fale conosco!

Leave a Reply